A professora Maria Lúcia Duarte da Escola Estadual Plácido de Castro de Porto Alegre - RS,  enfrenta cotidianamente, o desafio de motivar seus alunos, muitos deles com dificuldade de aprendizado e necessidades especiais na área de saúde mental, em uma escola com poucos recursos.

Ao conhecer Estórias Diferentes, pensou em adaptar as estórias e desenvolver atividades, para apresentar na feira literária da escola. Desse contato surgiu a ideia do projeto Interatividade na Escola.

Na Interatividade, os personagens saltam do universo mágico da Floresta dos Rolls, para o mundo real, motivando o aprendizado.

Os alunos viajaram pelo Rio Grande do Sul com seus novos amigos.

 

Trechos do seu depoimento sobre a experiência da Interatividade na Escola, realizada no segundo semestre de 2016:

 “ o conteúdo das diferenças regionais sempre árido, tornou-se leve; alegre e de fácil entendimento

 

“...foi uma experiência sensacional e motivadora.

Os alunos queriam pesquisar para apresentar o Rio Grande aos bonecos. Decidiram torná-los gaúchos, desenhando-os com trajes regionais”

“Todas as atividades daqueles dois dias se desenrolaram com naturalidade, leveza e beleza. Não faltou e nem sobrou tempo. Deixamos de lado o convencional e fluiu e fluiu”...

 

“ ...o encontro presencial foi surpreendente. A apresentação dos trabalhos deixou de ser uma aula tradicional para transforma-se em uma explosão de alegria com os bonecos.

Houve uma comunhão de sentimentos com a professora Cris”...

 

“...Depois notei uma saudade....sempre um comentário. Eles continuaram desenhando os bonecos espontaneamente em trabalhos”...

 

“No dia em que abrimos os envelopes com os livros foi outra festa. Este livro foi um marco na vida deles. Os alunos com maiores dificuldades, sentiram-se valorizados, a atitude dentro da sala melhorou. Os outros alunos apoderaram-se de um "alto astral" que permeou em todas as atividades até o final do ano”.

“O livro é ainda motivo de comentários pelos pais de outras turmas"...